Na mídia: Santa

130105_santaClique na imagem para ler a matéria no site do Jornal de Santa Catarina, que destacou a movimentação de turistas e blumenauenses nas lojas do Empório Vila Germânica neste final de ano.

Anúncios

Último final de semana da Vila de Natal

Depois de cerca de 50 dias de programação e mais de 80 atrações, a Magia de Natal 2012 chega ao fim. O encerramento oficial será no próximo domingo, dia 6, no palco cultural da Vila de Natal, no setor 1 do Parque Vila Germânica. A partir das 18h30min será realizada uma breve cerimônia de agradecimento e, na sequência, haverá apresentação do grupo Sinos de Belém. Os músicos já têm três CD`s gravados e são bastante conhecidos na região por manterem viva a tradição de Terno de Reis.

O encerramento está entre as inúmeras novidades apresentadas pela Magia de Natal 2012. Aliás, a programação deste ano, que teve início no dia 20 de novembro, foi marcada por inovações e por público recorde. Números preliminares apontam que a expectativa de reunir mais de 300 mil pessoas deve se confirmar.

A Magia de Natal é uma realização do Ministério da Cultura e da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Blumenau (CDL), com o apoio da Prefeitura de Blumenau.

Últimos dias para visitar a Vila de Natal
Com o encerramento da Magia de Natal, no próximo domingo, também termina a visitação à Vila de Natal, no Parque Vila Germânica.

O espaço, inaugurado no dia 24 de novembro, ocupa a área externa e o setor 1 e vai oferecer dezenas de atrações como o Caminho da Neve, uma cidade em miniaturas, a Oficina do Papai Noel, a Casa de Doces, lago, castelos medievais, estrebarias com animais de verdade e 11 réplicas de casas e estabelecimentos comerciais antigos de Blumenau. Quem quiser, poderá conhecer todos estes cenários a bordo de um trenzinho de passeio.

Já no setor 1 da Vila Germânica estão a Casa do Papai Noel com jardim de bonecos articulados, árvore decorada, brinquedos infláveis, praça de alimentação, Feira de Artesanato com mais de 50 artesãos participantes e cinema 3D. O cinema é a única atração paga da Magia de Natal. O ingresso custa R$6,00.

Nesta sexta-feira, dia 4, a visitação poderá ser feita das 16h às 22h. Já durante o final de semana o horário é das 11h às 22h.

foto

Fonte: Assessoria de imprensa – Magia de Natal

Artigo: Os turistas e os feriados

Valmir Zanetti
Diretor executivo do Empório Vila Germânica

No período entre Natal e Ano Novo, estar de férias em Blumenau e tentar aproveitar para experimentar algo diferente em uma refeição ou então receber amigos e fazê-los conhecer a cidade turística foi tarefa desafiadora. Ao andar pela cidade, via-se portas fechadas e carros em baixa velocidade procurando onde parar. Em compensação, nos estabelecimentos localizados no Parque Vila Germânica, a movimentação de pessoas triplicou de um ano para o outro.

Por aqui, alguns empreendimentos que não tinham autorização para manter funcionários nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, motivado pelo acordo com sindicato, fizeram um revezamento para dar alguma folga aos funcionários e, ao mesmo tempo, atender ao público. Os turistas vieram de diversos lugares e chegaram em ônibus lotados, carros (já que estamos próximos ao litoral) e mesmo com grupos fechados, que vieram com os navios de cruzeiros.

Repetimos diversos pedidos de desculpas a clientes que demoraram para serem atendidos por causa do grande movimento. A compreensão somava-se à gratidão, e muitos respondiam apenas que estavam felizes por terem encontrado algum lugar aberto.

Acredito que uma andorinha só não faz verão. E se apenas os esforços em um local ou em um grupo de lojistas forem contabilizados, estaremos ainda mais distantes de aproveitarmos o nosso potencial turístico o ano inteiro.

As milhares de pessoas que assistiram ao espetáculo de fogos na Avenida Beira-Rio são apenas mais uma demonstração do que quem manteve seu comércio aberto já sabia: Blumenau não é mais uma cidade industrial, que funciona de segunda à sexta-feira e tira férias coletivas no final do ano. Acredito que atender ao público neste período não seja apenas um sinal de inteligência de mercado, mas também uma questão de respeito com o blumenauense (que nos prestigia o ano inteiro) e com o turista, que precisa ser bem tratado se quisermos que volte.

Os serviços crescem cada dia mais na região e o Brasil vive seu melhor momento no turismo. Será que estamos nos preparando para os que nos visitarem durante a Copa do Mundo ou as Olimpíadas?