Artigo: Blumenau gourmet

Por Valmir Zanetti
Diretor do Empório Vila Germânica

 

Os produtos gourmet estão em alta. A programação de TV e o crescente número de programas de culinária são uma prova disso. O que se percebe na rotina dos centros de compras é que a moda de cozinhar em casa veio para ficar. E, embora este hábito pareça dizer respeito apenas às pessoas dentro das suas casas, há um movimento comercial e econômico muito grande que envolve panelas, temperos e sabores.

Sentimos isso na nossa rotina no Empório Vila Germânica. Enquanto os blumenauenses geralmente vinham até aqui para comprar poucos itens específicos – cristais, por exemplo – e apenas aproveitavam os nossos pontos gastronômicos, hoje o público conhece, visita e compra nas lojas especializadas em delicatessen e itens gourmet.

Além de proporcionar a experiência de estar em um ponto turístico, o Empório Vila Germânica ampliou o mix de lojas para atender a esses clientes. Quem gosta de cozinhar encontra, por exemplo, uma loja especializada em cortes de carne de pato, outra delicatessen com os melhores produtos locais, temperos de uma das mais celebradas marcas da nossa região e, ainda, vinhos e cervejas.

E o comportamento do turista não é diferente. Ao invés de levar apenas um copo, um prato ou um chapéu, quem visita Blumenau hoje quer levar para casa também os nossos sabores. Enquanto aqui ele consome itens perecíveis – como a cuca ou a torta alemã – acaba levando na bolsa nossas mostardas, temperos especiais e cervejas.

As bebidas, aliás, ganham destaque neste contexto. Embora as nossas cervejas sejam distribuídas em todo o país, há muitos turistas que ainda assim levam para casa as marcas locais quando nos visitam.

A chamada “gourmetização” pode parecer estar apenas na programação da TV ou nas brincadeiras nas redes sociais, mas está aqui, num dos nossos mais movimentados pontos turísticos e de lazer. Agora nos cabe reforçar a nossa identidade gastronômica, nos consolidarmos como Capital Nacional da Cerveja e aí, sim, entendermos que o sabor da gastronomia pode atingir em cheio a nossa economia.

Valmir Zanetti, diretor do Empório Vila Germânica | Imagem: Daniel

Valmir Zanetti, diretor do Empório Vila Germânica | Imagem: Daniel

Anúncios

Número de ônibus no Empório Vila Germânica cresce 27% na primeira quinzena de dezembro

Na primeira quinzena de dezembro, o Empório Vila Germânica registrou a visita de 188 ônibus de turismo. O número é 27% maior do que o mesmo período de 2013. O destaque fica por conta da visita dos chilenos (que vieram em 105 ônibus) e dos turistas de estados do Sudeste. Este índice é 84,3% maior do que o registrado em todo o mês de novembro, mês que já tinha representado crescimento.

No 11º mês do ano, foram 102 ônibus – 8,5% a mais do que no mesmo período de 2013. No mês passado, destacam-se os estados de São Paulo e Rio de Janeiro que, juntos, responderam por 50 ônibus de visitantes.

Valmir aponta que, para que esse número cresça ainda mais, três pontos são fundamentais: o fortalecimento dos pontos turísticos da região, a criação de novos atrativos e mais divulgação. “Recebemos muitas pessoas que estão na região para os parques aquáticos, por exemplo. Precisamos que a aliança tanto entre as empresas quanto entre as iniciativas pública e privada seja fortalecida”, comenta.

O Empório Vila Germânica tem 25 estabelecimentos entre lojas, pontos gastronômicos e escritórios. Funciona todos os dias, o ano todo.

Japão e Tailândia também nos visitam
Visitantes de dois países distantes e sem histórico de visitas a Blumenau chamam a atenção nos registros do Empório Vila Germânica. Em novembro, um ônibus de japoneses visitou o complexo. Já em dezembro, turistas vieram da Tailândia. De acordo com o diretor do Empório Vila Germânica, essas pessoas chegarão ao complexo por indicação de guias e hoteis.

Valmir reforça a importância da preparação do trade para atender a esse tipo de turista – seja com atendentes que têm uma segunda língua fluente ou mesmo com a vontade de fazer acontecer. “Mesmo que a única forma de comunicação com essas pessoas seja gestual, quando se leva a situação com seriedade e mostra para o turista que queremos atende-lo bem, ele se encanta”, acrescenta.

Os visitantes brasileiros vêm de vários locais. Dos mais distantes (como Manaus, na Amazônia) até os mais próximos (como Curitiba, no Paraná). Os estados mais representativos no número de ônibus, no entanto, são Rio de Janeiro e São Paulo.

Imagem: Daniel Zimmermann/Divulgação

Imagem: Daniel Zimmermann/Divulgação

Artigo: A evolução no nosso turismo

Por Valmir Zanetti
Diretor executivo do Empório Vila Germânica

Blumenau está mudando seu olhar sobre o turismo. A indústria que não tem chaminé deu sinais de revitalização que merecem ser comemorados. Além do crescimento orgânico no número de visitantes em eventos como a Osterdorf, a Vila de Natal, o Festival Brasileiro da Cerveja e o Festival de Botecos, tivemos o aumento no número de visitantes que chegam de fora para aproveitar os nossos atrativos.

O mesmo aconteceu com as lojas e pontos gastronômicos do Empório Vila Germânica: desde que o complexo foi construído, há seis anos, não víamos uma movimentação tão grande de ônibus e carros de passeio de outras cidades. Ao contrário dos cinco anos anteriores, em 2014 não tivemos meses ruins. Nem mesmo abril e setembro, que tradicionalmente eram de quedas acentuadas no número de visitantes, tiveram uma baixa representativa.

Já temos o mais difícil: o turista deseja nos conhecer. No passado, mesmo quando não havia um só local para comprar água aos fins de semana na Rua XV de Novembro ou lojas para venda de souvenires no Parque Vila Germânica, já recebíamos visitantes. Agora que o cenário mudou precisamos aproveitar.

Acontecimentos como a Feirinha da Servidão Wollstein e o Parklet Day são incríveis para a nossa região e os nossos moradores, mas também atraem o turista local que vê em Blumenau a maior cidade da sua região. São iniciativas que devem ser valorizadas e continuadas.

Temos vários desafios pela frente. Do aumento na captação de eventos para serem realizados na nossa região até a revitalização e atualização de roteiros como o das cervejarias artesanais, arquitetônico, dos museus e das igrejas. Precisamos colocar em prática o nosso tão sonhado centro de convenções, traçar estratégias inteligentes de atração de turistas e fazer com que eles sejam melhor atendidos na nossa região. Mas também precisamos valorizar os importantes passos que estão sendo dados.

Torço para que 2014 tenha sido o despertar de uma realidade que a nossa baixa autoestima não nos deixava admitir: somos atrativos para o turista, sim. Agora nos cabe aproveitar essas oportunidades, valorizar o que está sendo feito e darmos um passo de cada vez no caminho da retomada da força turística da nossa região.

Imagem: Daniel Zimmermann

Imagem: Daniel Zimmermann

Empório Vila Germânica atende em horário especial até janeiro

Há seis anos, o Empório Vila Germânica começou a se transformar no principal ponto turístico de Blumenau. O horário de funcionamento é um dos fatores que contribui para isto. O complexo abre todos os dias, inclusive aos domingos e feriados. No fim do ano, uma ampliação no expediente vai garantir o bom atendimento dos turistas e blumenauenses.

Os pontos de alimentação funcionam todos os dias (incluindo aos domingos e feriados), das 11h às 23h. Este horário será mantido nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro. Nos dias 24 e 31 de dezembro, o funcionamento será das 11h às 16h.

As lojas funcionam de segunda-feira à sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 10h às 20h. Nos dias 24 e 31 de dezembro, o horário é das 10h às 16h. Nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, o funcionamento é parcial graças à convenção coletiva do sindicato.

Este horário está em vigor até 5 de janeiro, mas pode ser ampliado. Valmir Zanetti, diretor executivo do Empório Vila Germânica, comenta que há um consenso entre os lojistas de que a missão do complexo é atender os turistas e blumenauenses. “Para isso, faremos uma adequação nos quadros de colaboradores e manteremos a mesma estrutura do restante do ano”, acrescenta.

O executivo aponta que eventos como o Magia de Natal contribuíram para uma mudança na percepção do turista e do blumenauense sobre a cidade no fim do ano. “Havia uma ideia de que Blumenau e região se tornavam desinteressantes em dezembro e em janeiro. Isso não existe mais. Tanto o visitante regional quanto quem vem de longe para conhecer Santa Catarina passa pelo Empório Vila Germânica o ano todo”, finaliza.

Estrutura do Empório Vila Germânica estará disponível todos os dias aos turistas e visitantes. Imagem: Daniel Zimmermann/Divulgação

Estrutura do Empório Vila Germânica estará disponível todos os dias aos turistas e visitantes. Imagem: Daniel Zimmermann/Divulgação

Movimento durante o dia garante nos resultados durante a Oktoberfest

Em 2013, a Cervejaria Bier Vila, localizada no Empório Vila Germânica, começou a operar às 11h durante a Oktoberfest. Com mesas, cadeiras e música ao vivo, atraiu turistas que queriam estar dentro do Parque Vila Germânica também com a luz do sol. Deu certo. Este ano, tanto a organização da festa quanto os demais lojistas também iniciaram as atividades mais cedo e o resultado chegou: o movimento durante o dia foi responsável pelo aumento dos resultados este ano.

Para Valmir Zanetti, diretor executivo do Empório Vila Germânica, foi a vinda de turistas para o Parque durante o dia que possibilitou um incremento nas vendas. “A noite ainda é extremamente representativa no faturamento dos lojistas e pontos gastronômicos. Mas foi o dia que nos fez crescer este ano”, afirma.

Ele complementa que, com os atrativos do dia, há mais um incentivo para que os turistas fiquem na cidade também durante a semana e movimentem a rede hoteleira.

Valmir também destaca a presença do blumenauense e do turista regional, que parece ter voltado definitivamente para os festejos de outubro.

Mais eisbein, menos cachorro-quente
Outra questão relevante apontada por Valmir, que também responde pela Cervejaria Bier Vila, foi o crescimento na venda dos pratos típicos em detrimento da queda nos lanches. O prato mais vendido do espaço durante o dia, por exemplo, foi o eisbein, e o que teve o menor resultado tanto no dia quanto à noite foi o cachorro-quente.

“Percebemos que o turista mudou. Não é mais aquele que vem para a Oktoberfest apenas pelo chope. Vem também para entender como funciona a nossa ligação com a cultura europeia”, aponta.

A expectativa para a próxima edição da Oktoberfest é que a programação também atenda ao público do dia para fortalecer ainda mais este público que procura aproveitar a festa com qualidade.

Foto: Daniel Zimmermann

Foto: Daniel Zimmermann

A realidade online e offline

Por Valmir Zanetti
Diretor executivo do Empório Vila Germânica

Na coluna de Francisco Fresard do dia 16 de setembro, o Santa destaca o Parque Vila Germânica como ponto turístico mais comentado de Blumenau no site de viagens TriAdvisor. O resultado muito nos orgulha não só como empreendedores que mantém seus negócios no Parque, mas também enquanto blumenauenses.

Em setembro o Empório Vila Germânica comemora seis anos. Passaram por aqui enchentes de chope e de água. De um espaço utilizado apenas na Oktoberfest para venda de souvenires, passamos a ser um ponto turístico aberto o ano todo, com opções também para os blumenauenses e pontos gastronômicos que dia a dia conquistam seu espaço.

Nosso calendário de eventos evoluiu muito. Não só com eventos de grande porte como o Festival Brasileiro da Cerveja e o Magia de Natal, que têm suas bases no Parque, mas também com novas feiras e eventos.

Nesta semana mesmo comentávamos entre os lojistas que todos os meses temos uma surpresa. A de agosto, por exemplo, foi o número de ônibus de turismo, que geralmente cai nesta época em comparação julho, quando as férias escolares são aproveitadas por grupos de viagens.

Há inúmeros desafios para melhorarmos ainda mais estes índices. Eles passam pela agenda de eventos, sim. Mas passam também pela infraestrutura de turismo na cidade como um todo.

Somos um empreendimento privado que dialoga com o setor público e entendemos que o Frohsinn e o Biergarten, por exemplo, podem seguir este modelo. Assim como incentivamos e apoiamos melhorias nos demais pontos de atendimento ao turista, como os museus ou as rotas. Num turismo que tem tanto espaço para crescer como o nosso, não há concorrência. Todos ganham quando a região ganha.

Temos orgulho do resultado apresentado pelo TripAdvisor e sabemos que não é um fato isolado, mas fruto de muito trabalho. Nossa visão definida há seis anos era essa: ser referência no turismo do Vale Europeu. E se, numa cidade com 164 anos, em seis anos de atuação o Empório Vila Germânica já conquista estes índices, o blumenauense e o turista podem esperar. Teremos mais motivos para comemorar juntos.

Imagem: Daniel Zimmermann

Imagem: Daniel Zimmermann

Playground para atender as crianças no Empório Vila Germânica

Os visitantes do Empório Vila Germânica ganharam mais uma facilidade na última semana. Foi instalado o primeiro playground do complexo, que estará disponível durante o ano todo para turistas e blumenauenses que querem aproveitar as lojas e pontos gastronômicos do local. No primeiro fim de semana, o movimento já foi grande nos brinquedos.

A ideia, segundo o diretor executivo do Empório Vila Germânica, Valmir Zanetti, foi dos próprios lojistas que perceberam a necessidade de um local para entreter as crianças enquanto os pais fazem suas compras. “Embora em datas especiais esse público seja atendido com atividades especiais, decidimos apostar numa estrutura que não dependesse desse tipo de data”, diz. Para o próximo ano, a ideia é a contratação de recreadores para épocas de mais movimento.

O Empório Vila Germânica tem 25 estabelecimentos entre lojas, pontos gastronômicos e escritórios. Funciona todos os dias, o ano todo.

Empório - 140804 - Play 1 (Divulgação)